Notícias

Por mais um ano, a instituição se une ao Hospital Pequeno Príncipe no enfrentamento à violência contra crianças e adolescentes. Somente em 2018, o Hospital atendeu 586 vítimas de violência

O país registra mais de 100 mil novos diagnósticos da doença por ano, o que representa 60% dos casos mundiais. A enfermidade ainda é considerada um problema de saúde pública no território indiano

O Brasil é o segundo país com maior número de casos da doença no mundo. A boa notícia é que o tratamento da infecção é gratuito e o prognóstico é positivo na maioria dos casos

Conheça os sinais de alerta das imunodeficiências primárias. Quanto antes as doenças forem identificadas, maiores são as chances de um tratamento dirigido que aumente a qualidade de vida do paciente

Celebrada até 29 de abril, a data chama a atenção de toda a sociedade para a importância do diagnóstico precoce dessas doenças

Disponível nas Unidades Básicas de Saúde e de referência de todo o país, o tratamento faz com que a cadeia de transmissão do agente causador da doença seja interrompida

Pacientes não devem ter medo da doença, nem vergonha de se tratar. O tratamento e o acompanhamento para a enfermidade estão disponíveis gratuitamente via SUS nas Unidades Básicas de Saúde

Ministério da Saúde irá receber contribuições para a elaboração do documento até 26 de abril. Proposições devem estar fundamentadas em estudos científicos ou experiência em serviços

É preciso ficar atento aos sinais e sintomas da enfermidade para que seja feito o diagnóstico precoce. A hanseníase tem cura e o tratamento é feito gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde

A lista da Organização Mundial da Saúde indica 21 infecções. O Brasil é acometido por 18 delas, sendo que as mais comuns são a dengue, a hanseníase e a doença de Chagas

Evento foi um importante fórum de deliberação de questões para o Congresso Mundial de Hanseníase/Encontro Mundial de Pessoas Afetadas pela Hanseníase, que será realizado em setembro

Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) afirmou, nesta semana, que o estigma e a discriminação associados à doença têm dificultado os esforços para acabar com a transmissão da enfermidade