Notícias >

Dia Mundial de Combate à Hanseníase: conheça mitos e verdades a respeito da doença

Janeiro Roxo: mês de conscientização sobre a hanseníase.

Neste domingo, 31 de janeiro, faz-se necessário um alerta importante. No Dia Mundial de Combate à Hanseníase, que encerra também o Janeiro Roxo, mês dedicado à conscientização sobre a doença, vale lembrar que o Brasil concentra mais de 90% dos casos da América Latina.

Por conta disso, é importante uma reflexão de toda a sociedade sobre o tema. “O que percebemos é uma falta de informação e formação sobre essa enfermidade. Mesmo que exista há séculos, a doença ainda é subdiagnosticada”, explica a médica dermatologista Nádia Almeida, que atua no Hospital Pequeno Príncipe.

A hanseníase é uma doença infectocontagiosa, crônica, causada pelo Mycobacterium leprae, também conhecido como bacilo de Hansen. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil registra 30 mil novos casos da doença todos os anos. “É uma enfermidade desafiadora, pois a pessoa tem que lidar com a incapacidade física e também com muito preconceito”, aponta a profissional.

Com informações do Hospital Pequeno Príncipe