Notícias >

AEW-PR: uma história marcada pelo protagonismo de mulheres inspiradoras

Os trabalhos da Associação Eunice Weaver do Paraná (AEW-PR) são inspirados pela trajetória de três mulheres que são as pioneiras de uma causa nobre. Neste Dia Internacional da Mulher, lembrado em 8 de março, conheça um pouco da história de Eunice Weaver, Juril Carnasciali e Ety Gonçalves Forte. À frente de seu tempo, essas mulheres inspiradoras influenciam não apenas as atividades da AEW-PR, mas gerações de curitibanos, paranaenses e brasileiros em busca de mais saúde, bem-estar e qualidade de vida.

Eunice Weaver
Eunice de Sousa Gabbi Weaver nasceu em 1902, no interior de São Paulo, e teve a sua vida marcada pelo trabalho de apoio e assistência a pessoas com hanseníase – doença que acometeu a sua mãe. Estudou Jornalismo, Serviço Social, Sociologia e Filosofia Oriental, e, em seus 67 anos de vida, atuou nacional e internacionalmente como escritora, educadora e sanitarista. Em reconhecimento ao seu importante trabalho, diversas entidades de todo o Brasil que lutam contra a hanseníase levam o seu nome.

Juril Carnasciali
A forte atuação social sempre esteve presente nos 91 anos de vida de Juril de Plácido e Silva Carnasciali. Dedicou boa parte de sua trajetória ao Jornalismo – foi, por mais de 50 anos, colaboradora do jornal Gazeta do Povo, fundado por seu pai, Oscar Joseph de Plácido e Silva. Foi presidente da Associação Eunice Weaver do Paraná por 38 anos, período no qual liderou a mobilização de instituições parceiras nas áreas educacional e social. Em 2012, firmou parceria com a Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro para a construção de um campus que integrará saúde, educação, cultura e inclusão social.

Ety Gonçalves Forte
Ety da Conceição Gonçalves Forte é voluntária de coração e artista plástica por paixão, que ousou sonhar e tirar do campo das ideias o que hoje é o maior hospital pediátrico do Brasil, o Pequeno Príncipe. Presidente voluntária da associação mantenedora do Complexo Pequeno Príncipe – do qual o Hospital faz parte – há mais de 50 anos, ela inspira e influencia a todos com seu amor pelas crianças e sua defesa pelo atendimento humanizado e de qualidade oferecido aos pequenos pacientes, independentemente de sua classe social. O próximo passo de sua história será a concretização de um novo sonho: a construção do Pequeno Príncipe Norte (Complexo Hospitalar de Ensino e Pesquisa Juril Carnasciali Pequeno Príncipe).