Arquivo

Apesar do Paraná registrar queda no número de casos de hanseníase, a doença ainda enfrenta muito preconceito e a maioria dos casos é diagnosticada já em estágio avançado.

O Ministério da Saúde irá ao encontro de mais de 9,2 milhões de estudantes, de 5 a 14 anos, de escolas públicas, localizadas em municípios com alta carga da doença para avaliar e aumentar o diagnóstico precoce de hanseníase em 800 municípios brasileiros

O Instituto Adolfo Lutz promove no dia 26 de abril em São José do Rio Preto - SP, o Simpósio de Atualização Científica sobre Hanseníase.

Como parte das ações que marcam o Dia Mundial de Luta contra a Hanseníase, celebrado no dia 27 de janeiro, o Ministério da Saúde anuncia diversas medidas, em curso, que objetivam desde a prevenção e a eliminação da doença como problema de saúde pública.

O foco na sensibilização dos profissionais de saúde ainda é uma das principais estratégias utilizadas pelo Ministério da Saúde no combate à hanseníase.

Ministério da Saúde vai repassar R$ 1,6 milhão de reais para os estados e municípios prioritários investirem em ações de prevenção e cura do problema.